Cartaz Tangerina Low

No dia 26 de junho, às 18h00, terá lugar no Camões – Centro Cultural Português em Maputo o lançamento do livro “Tangerina”, com texto de Ana Queiroz e ilustrações de Paulo Queiroz. A apresentação do livro, que tem a chancela da Escola Portuguesa de Moçambique – Centro de Ensino e Língua Portuguesa (EPM-CELP), será feita pelo académico e escritor Rogério Manjate.

Sobre o livro “Tangerina”:

Tangerina é uma menina que se confronta com o dilema de recuperar o seu lugar no quarto dos pais, após o nascimento da sua irmã,  ou enfrentar as primeiras dores de crescimento ao dormir sozinha. O nome que os pais lhe deram e a imaginação que fervilha nos seus caracóis, vão conduzi-la a um destes caminhos, passando por inúmeras peripécias.

Notas biográficas:

Ana Queiroz estudou Cinema na Escola Superior de Teatro e Cinema. Desde aí, participou na escrita de vários documentários e campanhas de comunicação entre Portugal e Moçambique. Publicou na Revista CALIBAN, na Revista 365, e foi destacada entre os Jovens Criadores 2009. "A Anatomia de um Fantasma" foi o último conto que publicou. Fundou e pertence ao núcleo de escritores da Léxico, um estúdio de escrita e tradução localizado em Moçambique.

Paulo Queiroz estudou pintura na Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa. Enquanto artista plástico participou na exposição “Quinta do Gato Cinzento” como membro do coletivo Mesa-de-Luz. Trabalhou ainda como assistente de produção e curadoria de Artes Visuais na Associação Cultural ZDB em Lisboa. Vive e trabalha em Lisboa.

 

Rogério P. Manjate é escritor e profissional do teatro (ator, encenador e docente). Publicou recentemente “O Coelho que fugiu da História” (EPM-CELP, 2019) no Camões – Centro Cultural Português em Maputo. Publicou outros dois livros para crianças: Casa em Flor, (poesia – 2004), Wazi (conto – Ed. EPM-CELP, 2011). O Coelho que Fugiu da História foi originalmente editado pela EPM-CELP, na coleção Acácia, em 2009 com o nome Mbila e o Coelho e no Brasil em 2010, pela Editora Ática. Fora do âmbito da literatura para crianças e jovens, Rogério Manjate publicou Amor Silvestre (contos – Ed. Ndjira, 2002) e Cicatriz Encarnada (poesia – Ed. Cavalo do Mar, 2017). Na sua incursão pelo cinema realizou e escreveu a premiada curta de ficção I Love You (2007) e o documentário O Meu Marido Está a Negar (2007); colaborou na escrita da curta A Outra Fala (2012) e na escrita e co-realização do documentário Quitupo, Hoyê! (2015).

  • Partilhe