CartazKalaf

No dia 16 de maio, pelas 18h00, terá lugar no Camões – Centro Cultural Português em Maputo uma sessão de apresentação do livro Também os Brancos Sabem Dançar,primeiro romance do músico e escritor Kalaf Epalanga. Com a chancela da Editora Caminho (grupo Leya), a apresentação do livro  ficará a cargo do poeta e editor Mbate Pedro.

Sobre o Livro: o músico e escritor Kalaf Epalanga, membro da banda Buraka Som Sistema, dirige-se de autocarro da cidade sueca de Gotemburgo para Oslo, a capital da Noruega, onde vai atuar nessa noite no festival OYA.

Como não tem um passaporte válido para mostrar é detido por tentativa de imigração ilegal e conduzido à esquadra da polícia para interrogatório. Aflito perante a iminência de perder o concerto, interroga-se: como vou explicar a estes polícias noruegueses que, apesar do meu aspeto pouco comum por estas paragens, não sou mais que um pacífico músico angolano em digressão? Conseguirei explicar-lhes quem são os Buraka Som Sistema? Falo-lhes da cena musical de Lisboa? De como nasceu o Kuduro num musseque de Luanda? Eles irão perceber? Esta é a história deste extraordinário e surpreendente livro de Kalaf Epalanga.

Trata-se na realidade de uma obra de autoficção, cultivada por tantos escritores europeus mas relativamente rara entre nós. E o mundo que nos mostra – de Luanda a Kristiansund, de Beirute ao Rio de Janeiro, sem esquecer a sua amada Lisboa – é uma autêntica revelação.

A apresentação do livro Também os Brancos Sabem Dançar decorre no âmbito da 9ª edição do festival AZGO, o mais conceituado festival internacional de artes em Moçambique. Reunindo um programa diversificado e de música de qualidade, cinema e dança para a cidade de Maputo, Azgo é uma celebração contemporânea de artes e cultura, com um forte enfoque em artistas de Moçambique e de todo o continente africano.

Nota Biográfica:

Kalaf Epalanga nasceu em Benguela, Angola, em 1978. Também os Brancos Sabem Dançar é o seu primeiro romance. Publicou os livros de crónicas, O Angolano Que Comprou Lisboa (Por Metade do Preço) e Estórias de Amor para Meninos de Cor. Foi cronista do jornal Público e da Rede Angola. Escreve para a GQ Portugal e é membro da banda Buraka Som Sistema. Atualmente vive e trabalha entre Lisboa e Berlim.

  • Partilhe