No âmbito do Programa de Bolsas de Estudo da Cooperação Portuguesa em Moçambique viajaram para Portugal, entre os dias 26 e 27 de setembro, 23 bolseiros moçambicanos de Licenciatura e 9 de Mestrado, que foram contemplados com uma bolsa de estudo para iniciarem os seus estudos no Ensino Superior em Portugal no ano letivo 2019/2020.

Os estudantes moçambicanos selecionados, oriundos de diferentes províncias moçambicanas, irão beneficiar de uma bolsa de estudo para iniciarem os seus estudos no Ensino Superior em Portugal.

Estas bolsas de estudo abrangem bolsas para Licenciaturas e para Mestrados, e são concedidas ao abrigo do Programa de bolsas do Camões I.P., do Programa PROCULTURA (projeto financiado pela União Europeia e cofinanciado e gerido pelo Camões IP) e de parcerias entre o Instituto de Bolsas de Estudo moçambicano e o Instituto Politécnico de Beja, o Instituto Politécnico de Bragança e a Universidade da Beira Interior.

O Programa de bolsas do Camões IP abrange, para além destas bolsas para frequência de estuos em Portugal, as bolsas internas para a frequência do ensino superior em Moçambique e de ensino secundário na Escola Portuguesa de Moçambique.

Para mais informações sobre o Programa de Bolsas de Estudo da Cooperação Portuguesa consulte o link: https://www.instituto-camoes.pt/activity/o-que-fazemos/bolsas-estudo

Ver álbum de fotografias.

  • Partilhe