Embaixada de Portugal em Moçambique

Ministério dos Negócios Estrangeiros

ABERTURA DA EXPOSIÇÃO 'KINANI ATRAVÉS DA LENTE' - CAMÕES – CENTRO CULTURAL PORTUGUÊS EM MAPUTO - 5 DE SETEMBRO | 18H00

CartazKinaniExpo2018

No dia 5 de setembro, às 18h00, inaugura a exposição Kinani através da lente no espaço da Galeria do Camões – Centro Cultural Português em Maputo. Esta iniciativa resulta de uma proposta da fotógrafa Yassmin Forte e de uma parceria do Camões – CCP Maputo com a Yodine, empresa que organiza nesta capital o festival bienal de dança contemporânea Kinani.

Kinani através da lente decorre precisamente no mês em que se realiza a Semana da Dança de Maputo, que terá lugar entre 18 a 22 de setembro. Esta mostra fotográfica apresenta um conjunto de fotografias que ilustram o percurso dos últimos 10 anos do renomado festival Kinani. Esta exposição pretende ainda trazer ao público de Maputo um debate acerca da fotografia que se dedica às artes performativas e aos diferentes critérios inerentes. Kinani através da lente é uma exposição coletiva com a participação de vários fotógrafos moçambicanos, nomeadamente Adiodato Gomes, João Costa (Funcho), Emídio Josine, Mauro Vombe, Tomás Cumbana e Yassmin Forte e que nesta ocasião irá dedicar um tributo a Jorge Almeida, fotógrafo e professor universitário que nos deixou em 2013 enquanto preparava uma exposição com o mesmo tema.

A apresentação desta mostra não pretendeu ser exaustiva nem representativa de todo o longo percurso do festival internacional Kinani, mas sim uma referência simbólica de alguns dos intervenientes da área e do circuito da dança. Tem igualmente o objetivo de promover uma reflexão sobre este meio de expressão artística tão bem representado por Moçambique internamente e na sua diáspora.

A realização da exposição Kinani através da lente contou com o importante apoio e pesquisa da fotógrafa Yassmin Forte e de Quito Tembe, fundador do projeto do festival Kinani. De salientar, durante a preparação e produção deste projeto, a generosidade e disponibilidade de todos os fotógrafos participantes e, no caso de Jorge Almeida, do apoio da família.

A exposição que abre no próximo dia 5 estará patente ao público até dia 28 de setembro, de segunda a sexta-feira, entre as 11h00 e as 18h00.

Partilhar:
FacebookTwitterGoogle +E-mail