Embaixada de Portugal em Moçambique

Ministério dos Negócios Estrangeiros

Reflexões em torno da visita de Jorge de Sena a Moçambique (1972) | Conversa com Lurdes Macedo | 14 de novembro | 18h00 Camões – Centro Cultural Português em Maputo

CartazLurdesMacedo2017

No dia 14 de novembro, às 18h00, o Camões – Centro Cultural Português em Maputo promove uma conversa com a investigadora Lurdes Macedo, subordinada ao tema Reflexões em torno da visita de Jorge de Sena a Moçambique (1972).

Tomando como ponto de partida a visita de Jorge de Sena a Moçambique, em Julho de 1972, serão apresentados os resultados preliminares de um estudo sobre um acontecimento anti-regime durante o colonialismo tardio. Esta visita, realizada a convite da Associação dos Antigos Estudantes da Universidade de Coimbra, teve por objetivo a participação do intelectual luso-brasileiro opositor ao regime nas comemorações não-oficiais do IV centenário da primeira edição d’Os Lusíadas. A realização de três conferências na então Lourenço Marques e de uma visita organizada à Ilha de Moçambique, lugar mítico onde Camões concluiu o seu poema épico, compuseram o contributo de Jorge de Sena para essas comemorações não-oficiais.

Lurdes Macedo pretende, com este estudo, descortinar o modo como decorreu essa visita, interpretar o seu significado simbólico e reconstituir a cobertura mediática do mesmo, sobretudo ao nível das dinâmicas jornalísticas da Lourenço Marques de então e das brechas deixadas pela Censura, as quais permitiram que a mensagem de Jorge de Sena, profundamente inovadora para época e atual até aos dias de hoje, pudesse ser difundida entre o público de Moçambique.

Nota Biográfica:

Lurdes Macedo é doutorada em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho (Portugal). É investigadora no Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade nesta universidade, tendo sido membro da equipa de investigação do projeto “Narrativas identitárias e memória social: a (re)construção da lusofonia em contextos interculturais”. Foi co-editora do Anuário Internacional de Comunicação Lusófona em 2010 e 2011, e do e-book Interfaces da Lusofonia em 2014. Tem várias dezenas de trabalhos publicados em revistas científicas nacionais e internacionais. É também colaboradora eventual de várias publicações na área da cultura em Portugal e no Brasil. Foi assistente convidada na Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Viseu, entre 2009 e 2012. Atualmente, é professora auxiliar na Universidade Lusófona Porto, onde leciona desde 2008. Desde 2016 que conduz a sua investigação de pós-doutoramento em Moçambique.

 

 

Para mais informação, por favor contactar Mariana Campos (Camões – CCP Maputo): 21493892 ou mariana.campos@mne.pt

Partilhar:
FacebookTwitterGoogle +E-mail