Embaixada de Portugal em Moçambique

Ministério dos Negócios Estrangeiros

29º Curso de Literaturas em Língua Portuguesa “Ler e Escrever Poesia Hoje” 9 a 12 de Outubro | 18h00 | Camões - Centro Cultural Português em Maputo

CLLPCartaz2017

 

Ler e Escrever Poesia Hoje é o tema do 29º Curso de Literaturas em Língua Portuguesa, que se realiza de 9 a 12 de Outubro, das 18h00 às 20h00, no Camões – Centro Cultural Português em Maputo.

O Curso de Literaturas é a iniciativa cultural mais antiga do Camões - Centro Cultural Português em Maputo, realizada em parceria com a Faculdade de Letras e Ciências Sociais da Universidade Eduardo Mondlane, que em edições anteriores trouxe a Maputo autores como José Saramago e Lídia Jorge, ou mais recentemente José Luís Peixoto, Afonso Cruz e David Machado.

A 29ª edição do Curso de Literaturas em Língua Portuguesa destaca a reflexão sobre poesia nos dias de hoje, não apenas do ponto de vista dos autores mas também no âmbito dos leitores deste género literário. Para esta edição do Curso de Literaturas, o Camões – Centro Cultural Português em Maputo convidou Pedro Mexia, escritor e crítico português, atualmente consultor cultural do Presidente da República de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa.

 

No dia 9 de outubro, a abrir o programa do Curso e no ano em que passam 20 anos da morte do poeta Rui Knopfli, será lançada a antologia “Nada tem já encanto”, recentemente lançada em Portugal pela Tinta-China. O livro será apresentado por Pedro Mexia, numa sessão que contará com a moderação de Calane da Silva. O dia seguinte, 10 de outubro, será dedicado ao poeta Eduardo White, cuja vida e obra será central à conversa entre Sara Jona, especialista em Literaturas e Culturas em Língua Portuguesa, e Pedro Mexia. A moderação estará a cargo do docente de literatura moçambicana Aurélio Cuna. Segue-se, no dia 11 de outubro, uma conversa sobre “novos rumos para a poesia moçambicana”, dinamizada pelo poeta e editor Mbate Pedro, com a participação dos escritores Sangare Okapi, Amosse Mucavele e M.P.Bonde. A finalizar este programa, no dia 12 de outubro, teremos uma Tertúlia de Poesia, com a participação dos convidados Jorge Ferrão, Reitor da Universidade Pedagógica, Tânia Tomé, empreendedora e CEO da empresa EcoKaya, e Lopito Feijóo, poeta e ensaísta angolano. Esta conversa será moderada pela tradutora Sandra Tamele.

 

A participação no 29º Curso de Literaturas é livre e poderá ser feita mediante inscrição prévia, até dia 5 de Outubro, na Biblioteca do Camões – Centro Cultural Português em Maputo ou na secretaria da Faculdade de Letras e Ciências Sociais da Universidade Eduardo Mondlane.

 

O Curso de Literaturas em Língua Portuguesa tem o apoio exclusivo das Listas Telefónicas de Moçambique - Páginas Amarelas.

Nota Biográfica:

Pedro Mexia é licenciado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade Católica Portuguesa. Completou o Mestrado em Estudos Anglísticos na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Foi crítico e cronista no Diário de Notícias, no Público e no Expresso. É um dos membros do Governo Sombra  (na TSF, desde 2008, e também na TVI24, desde 2012), programa vencedor do Prémio da Sociedade Portuguesa de Autores, na categoria de Melhor Programa de Rádio (2017), com Carlos Vaz Marques, Ricardo Araújo Pereira e João Miguel Tavares. Desde 2016, exerce funções de consultor cultural do Presidente da República. 

Escreveu regularmente na revista LER e coordena a coleção de poesia das Edições Tinta-da-China.

Publicou os livros de poesia  Duplo Império (1999), Em Memória (2000), Avalanche (2001), Eliot e Outras Observações (2003), Vida Oculta (2004), Senhor Fantasma (2007), Menos por Menos - Poemas Escolhidos (2011) e Uma Vez Que Tudo se Perdeu (2015). 

Editou seis coletâneas de crónicas, Primeira Pessoa (2006), Nada de Melancolia (2008), As Vidas dos Outros (2010), O Mundo dos Vivos (2012), Cinemateca (2013) e Biblioteca (2015). 

Escreveu em blogues dos quais resultam cinco volumes de diários: Fora do Mundo (2004), Prova de Vida (2007), Estado Civil (2009), Lei Seca (2014) e Malparado (2017).

Partilhar:
FacebookTwitterGoogle +E-mail