Embaixada de Portugal em Moçambique

Ministério dos Negócios Estrangeiros

Apresentação do filme William Kentridge: Thriumphs and Laments De Giovanni Troilo - 7, 8 e 9 de junho | entre as 11h00 e as 18h00 (em loop) Camões – Centro Cultural Português em Maputo

Triumphs and Laments Poster 724x1024

O Camões – Centro Cultural Português em Maputo associa-se à iniciativa de exibição mundial do filme William Kentridge: Triumphs and Laments, de Giovanni Troilo, que será apresentado simultaneamente em mais de 28 museus de arte contemporânea em todo o mundo, de Nova Iorque a Pequim, passando por Lisboa e Buenos Aires, num evento único que se encontra a decorrer entre 15 de maio e 4 de julho de 2017.

 

O filme William Kentridge: Triumphs and Laments, de Giovanni Troilo, será exibido nos dias 7, 8 e 9 de junho, entre as 11h00 e as 18h00, em versão loop, na primeira sala da galeria do Camões - Centro Cultural Português em Maputo.

Considerada como a maior obra de arte contemporânea alguma vez criada em Roma, Triumphs and Laments é um dos projetos mais ambiciosos e controversos do artista contemporâneo William Kentridge: um friso colossal ao longo das margens do rio Tibre, em Roma, retratando as glórias e as tragédias da cidade. É também o nome do filme que será apresentado, onde os significados e a linguagem do trabalho de Kentridge são traduzidos para uma linguagem cinematográfica. 

O filme William Kentridge: Triumphs e Laments proporciona o acesso exclusivo ao artista William Kentridge ao longo de dois anos, desde a sua casa na África do Sul até ao centro de Roma, e mostra em pormenor a visão do artista e o seu processo criativo no desenvolvimento de uma obra de arte que desaparecerá em alguns anos.

Esta é uma atividade que se insere na programação do mês de junho da Galeria do Camões – CCP Maputo, a qual prevê a apresentação um conjunto de filmes sobre artistas no século XX e XXI. Depois de Olhares na Distância: Quatro Pintores Portugueses Contemporâneos, de J.G. Martín Buenadicha, serão ainda exibidos os filmes A favor da Claridade: Pedro Cabrita Reis, de Teresa Villaverde; Ângelo de Sousa: Tud o Que Sou Capaz, de Jorge Silva Melo, e ainda Último Segredo (Documentário sobre Amadeo Souza-Cardoso), de Christophe Fonseca.

Partilhar:
FacebookTwitterGoogle +E-mail