Embaixada de Portugal em Moçambique

Ministério dos Negócios Estrangeiros

OBRIGATORIEDADE DE APRESENTAÇÃO DE COMPROVATIVO DE VACINAÇÃO CONTRA A FEBRE AMARELA A PASSAGEIROS PROVENIENTES, QUE TENHAM EFETUADO ESCALA OU TIDO PASSAGEM POR ANGOLA

COMUNICADO À COMUNIDADE PORTUGUESA

Caros Compatriotas,

1.     Fomos alertados que devido ao surto de febre amarela registado em Angola, as autoridades sanitárias do Aeroporto de Mavalane em Maputo declararam como  obrigatório que todos os passageiros provenientes, que tenham efetuado escala ou passagem por Angola, apresentem o cartão de vacina da febre amarela, devidamente atualizada.

2.     Esta exigência não é  recente e informação já há algum tempo consta no Portal das Comunidades Portuguesas - Conselhos Viajantes  https://www.portaldascomunidades.mne.pt/pt/conselhos-aos-viajantes/m/238-mz, como abaixo se transcreve:

“Moçambique é considerado um país sem risco de propagação de febre-amarela pela Organização Mundial da Saúde. Contudo, as autoridades moçambicanas determinaram a obrigatoriedade de apresentação na fronteira de comprovativo de vacinação contra a febre-amarela aos viajantes que pretendam entrar em Moçambique provenientes de 43 países (ou que tenham estado em trânsito em Aeroportos localizados nesses países), na sua grande maioria africanos, onde constam também o Brasil, Angola, Guiné-Bissau e São Tomé e Príncipe. Os cidadãos moçambicanos que se desloquem a algum daqueles países também estão abrangidos. Caso o viajante não apresente o certificado de vacinação deverá ser vacinado no posto de entrada, mediante o pagamento de aproximadamente 40 euros.”

3.     Contactada a Direção Nacional de Saúde Pública, confirmou-se a obrigatoriedade e a intenção de aplicação sistemática, pelo que recomenda-se, para evitar eventuais constrangimentos, que seja devidamente acautelada, mesmo previamente a iniciar qualquer viagem que tenha estada, paragem ou escala em Angola, a vacinação contra a febre amarela.

4.     Vacina poderá ser ministrada no Centro de Exames Médicos, sito na Av. de Maguiguana, 210 em Maputo, telefone 21 302626  email cem.cidade@tvcabo.co.mz , bem como nas clínicas privadas, nomeadamente Hospital Privado.

Partilhar:
FacebookTwitterGoogle +E-mail