Embaixada de Portugal em Moçambique

Ministério dos Negócios Estrangeiros

Conferência de imprensa – Apoio ao Parque Nacional da Gorongosa

Brasão de armas de Portugal

A Embaixada de Portugal em Moçambique convida os órgãos de comunicação social para a conferência de imprensa que se realiza às 11h00 de 9 de fevereiro corrente, no Centro Cultural Português em Maputo, e que contará com a presença do Administrador do Parque Nacional da Gorongosa (PNG), Mateus Mutemba, do Presidente do Gorongosa Restoration Project, Greg Carr e do Embaixador de Portugal, José Augusto Duarte.

Nesta ocasião será divulgado o acordo de parceria celebrado entre a Embaixada de Portugal – Cooperação Portuguesa e o Parque Nacional da Gorongosa, no âmbito do recém-criado Clube Empresarial da Gorongosa, e que se consubstancia num apoio de 25.000USD para o Laboratório de Biodiversidade Edward O. Wilson do Parque Nacional da Gorongosa.

Este Laboratório de Biodiversidade consiste num importante centro de atividades científicas e educacionais e foi criado com o objetivo de oferecer oportunidades de investigação e formação em áreas relacionadas com a biodiversidade para estudantes, conservacionistas e investigadores em Moçambique, permitindo também explorar, documentar e proteger a biodiversidade do PNG. Considerado pelos especialistas como sendo ecologicamente o parque mais diversificado do mundo, incluindo diversas espécies únicas, o novo Laboratório posiciona o PNG para se tornar num ponto central de investigação científica na África Austral. O Laboratório irá coordenar uma ampla gama de projetos de investigação exploratória biológica e projetos de restauração que vão desde o acompanhamento dos bandos de leões e manadas de elefantes, à medição da eficácia do esforço de reflorestação na Serra da Gorongosa, catalogação e armazenamento das amostras obtidas nas investigações científicas anuais, bem como providenciar formação à próxima geração de cientistas moçambicanos no PNG, com possibilidade de lhes proporcionar experiências em universidades estrangeiras de modo a tirarem diplomas avançados.

Partilhar:
FacebookTwitterGoogle +E-mail