Embaixada de Portugal em Moçambique

Ministério dos Negócios Estrangeiros

Mensagem de Boas Vindas

02

No dia em que apresentei credenciais a Sua Excelência o Presidente da República de Moçambique Filipe Jacinto Nyusi e assim inicio oficialmente funções como Embaixadora de Portugal em Moçambique é com muito gosto que vos dou as boas-vindas a este espaço que se pretende seja de informação e de divulgação sobre Portugal, mas também de aproximação entre o nosso país e Moçambique.

Neste início do século XXI, a Internet tornou-se um veículo indispensável de comunicação e de aproximação de todos/as aqueles/as que se encontram separados pela distância.

Este sítio que se deseja seja interactivo e por isso aberto às vossas contribuições é também o espaço para a divulgação das actividades e iniciativas de promoção de Portugal levadas a cabo por esta Embaixada, nomeadamente as do Centro Cultural Português, as da Cooperação Portuguesa e do Centro de Negócios da AICEP. Estarão também disponíveis outros elementos de informação relativos aos vários setores em que se desenvolvem as excelentes e diversificadas relações bilaterais entre os dois países, com o objectivo que, creio poder afirmar ser partilhado, de podermos ter mais comércio, mais investimento, mais turismo, mais cultura entre os nossos países.

Por último, podem ainda encontrar os principais links institucionais e económicos que poderão facultar elementos adicionais de consulta e assim contribuir para um melhor conhecimento recíproco dos dois países e laços mais profundos entre os seus cidadãos.

Espero assim que este seja um espaço facilitador nos vossos contactos com os serviços desta Embaixada e com os vários organismos da Administração Pública em Portugal.

Mª Amélia Paiva

Embaixadora de Portugal em Maputo

12 de Outubro de 2016

Ver fotografias da Cerimónia de Apresentação de Cartas Credenciais: 01   02   03    04


 

CONVERSA COM JOÃO GARCIA MIGUEL | "DO CONTO AO TEXTO TEATRAL" | 23 DE MAIO | 16H00 | CAMÕES - CENTRO CULTURAL PORTUGUÊS EM MAPUTO

Cartaz JGM 23maio

No âmbito da 15ª Edição do Festival Internacional Teatro de Inverno (FITI), organizado pela Associação Cultural Girassol, terá lugar no dia 23 de maio, às 16h00, uma conversa com o artista performativo, programador,  investigador e encenador João Garcia Miguel, subordinada ao tema "Do conto ao texto teatral".

João Garcia Miguel e Rute Osório de Castro, da Companhia João Garcia Miguel, deslocam-se a Maputo  para a participação no 15º FITI com a apresentação da peça de teatro "Mar Me Quer", uma adaptação do texto homónimo de Mia Couto, que terá lugar dia 26 de maio, às 18h00, no Cine Teatro Gil Vicente.

Esta iniciativa, bem como a apresentação da peça de teatro, contam com o apoio do Camões – Centro Cultural Português em Maputo.

Nota Biográfica:

João Garcia Miguel (Lisboa, 1961). As suas práticas artísticas caracterizam-se pelo experimentalismo performativo e a preocupação com o papel do artista enquanto investigador e interventor social. A criação, investigação e formação são a base permanente das suas atividades. Ministra aulas em universidades em Portugal e no estrangeiro. Escreve obras performativas e ensaios sobre o ato criativo e o corpo. Participa em seminários acerca da performance e do inconsciente. Expõe com regularidade.

Fundador dos coletivos: Canibalismo Cósmico, Galeria Zé dos Bois e OLHO - Grupo de Teatro. Em 2003 funda a Cia. JGM e abre em Lisboa, o “Espaço do Urso e dos Anjos” dedicado à formação e divulgação das artes performativas. Em 2008 é nomeado Diretor Artístico do Teatro-Cine de Torres Vedras. Em 2016 assume a direção da Associação Teatro Ibérico em Lisboa. É associado do centro internacional de formação avançada Actor’s Center em Itália e membro associado do IETM — Informal European Theatre Meeting. É Doutorado pela FBAUL em 2017 com a tese PERFORMANCE CORPO E INCONSCIENTE. Em 2008 recebe Prémio FAD Sebastià Gasch em Espanha. Em 2014 recebe prémio para a melhor encenação teatral com o espetáculo Yerma de Federico Garcia Lorca pela SPA - Sociedade Portuguesa de Autores.

MBATE PEDRO PARTICIPA EM VÁRIOS ENCONTROS LITERÁRIOS EM PORTUGAL | 19 DE MAIO A 1 DE JUNHO

Mbate Pedro

O Camões – Centro Cultural Português e a Editora Cavalo do Mar têm o prazer de informar que o escritor e editor Mbate Pedro estará de visita a Portugal, de 19 de Maio a 01 de Junho, para participar em vários encontros literários e para lançar os seus dois últimos livros: "Vácuos" e "Os Crimes Montanhosos" (este último em co-autoria com o escritor português António Cabrita).

Mbate é um dos vários autores convidados para a 4 a edição do REVERSOS, um encontro de Autores, Artistas e Editores independentes, a decorrer na Guilherme Cossoul, em Lisboa, onde o autor terá um espaço para falar do seu projeto editorial na Cavalo do Mar e para apresentar o seu último livro de poesia, "Os Crimes Montanhosos" (em co-autoria com o escritor português António Cabrita), no dia 19 de maio, às 21h30.

Mbate é também um dos convidados para o Festival Évora-África, onde, no dia 25 de Maio, às 18h30, na Biblioteca Pública e o no âmbito do Livros à Rua/Feira do Livro de Évora, o autor irá lançar o seu livro de poemas "Vácuos", a ser apresentado por José Alberto Ferreira.

No dia 26 de Maio, a convite da Acção Cultural de Válega e da Família da poetisa Glória de Sant’Anna, o poeta irá participar na sessão de entrega do Prémio Glória de Sant’Anna 2018 a poetisa Gisela Ramos Rosa. Nas últimas edições, a Cavalo do Mar tem tido vários autores seus como finalistas do prémio: em 2017 Andes Chivangue, com "Fogo Preso" e em 2018, Rogério Manjate e Luis Carlos Patraquim, com "Cicatriz Encarnada" e "O Deus Restante", respetivamente.

A participação do autor neste périplo por Portugal termina com  uma sessão de autógrafos na Feira do Livro de Lisboa, no dia 01 de Junho.

A presença de Mbate Pedro em Portugal conta com o apoio do Camões - Centro Cultural Português em Maputo.

Nota Biográfica:

Mbate Pedro é editor da Cavalo do Mar Edições onde coordena a coleção de poesia Os Filhos do Vento e é autor dos seguintes livros de poemas: O Mel Amargo (AEMO, 2006), Minarete de Medos e Outros Poemas (Índico, 2009), Vácuos (Cavalo do Mar, 2017), Os Crimes Montanhosos (Cavalo do mar, 2018), em co-autoria com António Cabrita e Debaixo do Silêncio que Arde (Índico, 2015), este último distinguido com o Prémio BCI de literatura 2015 e com uma menção honrosa do Prémio Glória de Sant’Anna 2015 (Portugal). Mbate tem os seus textos (poemas e ensaios) dispersos em várias revistas literárias e jornais e tem colaboração em diversas antologias.

Para mais informação, por favor contactar:

Cavalo do Mar Editores

cavalodomareditores@gmail.com

Rua José Mateus nº 265

Maputo

Projeto de Apoio à Consolidação do Estado de Direito nos PALOP e Timor-Leste (PACED) - Cerimónia de entrega oficial de equipamentos

No âmbito do Projeto de Apoio à Consolidação do Estado de Direito nos PALOP e Timor-Leste (PACED), a Embaixada de Portugal em Moçambique irá proceder à entrega de equipamentos ao Serviço Nacional de Investigação Criminal de Moçambique (SERNIC), numa cerimónia oficial a realizar-se no dia 15 de maio, às 10 horas, nas instalações do SERNIC, sediado na Rua John Issa, em Maputo. A cerimónia contará com a presença de representantes da Embaixada de Portugal e da Delegação da União Europeia, em Moçambique, e do SERNIC.

Ler comunicado de imprensa

Contactos

Av. Julius Nyerere, nº 720 / 730
4696 – 00110 - Maputo

(00258) 214 903 16 / 19 / 22
maputo@mne.pt

Mais informação

Apoio às vítimas dos incêndios - Fundo Revita

Para mais informações clique aqui para ver

Ligações úteis

Botão Centro Pedido Vistos

Guia do Cidadão Português

Botão Portal Diplomático

Orçamento Participativo Portugal

Espaço Portugal Moçambique

EMP logo

Logotipo AICEP - Portugal Global

Logotipo Turismo de Portugal

Websummit

Logotipo Portal das Comunidades Portuguesas

Conselhos aos viajantes

Registo Viajante

Logotipo Camões - Instituto da Cooperação e da Língua

Lisboa Capital Iberoamericana da Cultura

Igualdede de Género

Diário da República

Instituto Diplomático

Logotipo Carreiras Internacionais

Logotipo Portugal Economy Probe

Portugal 30 anos na União Europeia

PORDATA